.

.

Select Language

Hexagrama 63. Chi Chi / Após A Conclusão




A vida não tem último capítulo.
Por isso, não podemos nos descuidar nunca.


Às vezes, somos tomados por determinados questionamentos:
"Será que fomos muito duros com alguém?"
"Será que com meu comportamento afastei as pessoas?"
"Não existirá meio mais fácil de levar a vida?"

São alguns desses questionamentos que podem se transformar numa verdadeira tortura.
Eles são o primeiro sinal de uma certa decadência. Se nos entregamos a esses pensamentos, estamos relaxando a disciplina interna, dando espaço à interferência de detalhes insignificantes. Isso acontece porque, depois de um longo período de perseverança, relaxamos e esquecemos de manter o equilíbrio adequado. Com o relaxamento, deixamos surgirem os questionamentos. Pequenos desejos emergem novamente. Inicialmente inofensivos, eles acabam por tomar conta da nossa mente e destruir nossa independência interior.

Se não resistirmos a pensamentos desestabilizadores cometeremos um grave erro. O I Ching enfatiza que, nas fases em que nos sentimos mais seguros, a paz só será mantida se lembrarmos da possibilidade do perigo. Nessas fases, tendemos a esquecer também que a ajuda do Sábio nos guiou nos momentos difíceis. Começamos a pensar que tudo não passou de um sonho mau, sem causas particulares, e que o acaso o dissipou. Pretensiosamente, chegamos a pensar que nós mesmos resolvemos a situação. Assim, ao perdermos a modéstia, perdemos nossa proteção contra o mal.

O recebimento deste hexagrama indica que devemos voltar à neutralidade e a modéstia.
E o mais importante é evitarmos qualquer tipo de pensamento desestabilizador, capaz de perturbar nosso equilíbrio e independência interior. O desenvolvimento deve caminhar lentamente, em pequenos passos. Enquanto isso, mantemos a reserva, a paciência, sem forçar o avanço da situação.

(Texto elaborado por Wu Fang)


Ao Equilíbrio!


Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

Carregando...