.

.

Seleccione Linguagem

Hexagrama 30. LI / Aderir (Fogo)


                                          LI sobre LI - Fogo sobre Fogo

A Imagem:

O Sol difunde sua luz e ilumina todo o mundo natural. A Luz prende-se aos objetos e torna-os brilhantes. Da mesma forma, as pessoas grandes iluminam todos os que estão em volta delas, penetrando na verdadeira natureza do homem.
Tente ver além das chamas do fogo
E da fumaça das nuvens.

Este Hexagrama diz respeito ao desengajamento. Ao não nos engajarmos nas situações, obtemos a clareza necessária para enxergar a verdade. A imagem do fogo aderindo a algo para queima-lo simboliza a atitude necessária, se quisermos manter a clareza mental.
Quando existe a ameaça da dúvida, devemos aderir ao que já aprendemos e confiar no Poder da Verdade. Nos momentos de hesitação, chegamos a duvidar de nós mesmos, da nossa capacidade, de tudo o que aprendemos e da ajuda do Sábio. Mas justamente nesses momentos precisamos perseverar. Se os eventos e as pessoas parecem ruins, temos que lembrar do potencial para o bem que ainda possuem.

O Hexagrama nos diz ainda que precisamos manter a mente aberta. Por mais impossível que nos pareça a melhora de uma determinada situação, ela pode acontecer se estivermos firmes e independentes na nossa atitude. Ou seja, abertos a qualquer possibilidade, sem tirar conclusões antecipadas. Afinal, o curso dos acontecimentos é imprevisível e, muitas vezes, em ziguezague.
Essa atitude de aceitação requer um alto grau de docilidade. Devemos abdicar de toda resistência ao que está acontecendo e não rejeitar a situação. Aceitar cada virada e reviravolta, por mais que causem dissabores e frustrações, simplesmente porque elas serão úteis ao nosso progresso. Aderindo docilmente ao que há de bom em nós e nos outros, podemos nos manter afastados dos elementos inferiores.

A docilidade requer também que não julguemos as coisas somente pela aparência.
Ao agirmos assim, perdemos o senso da verdade interior. É preciso apegar-nos à perspectiva de que as coisas são como têm de ser, com propósitos que não podemos enxergar. A docilidade permite que sejamos mais compreensivos e pacientes conosco e com os outros.

Texto de - Wu Fang


Hexagrama 29.K'an/ O Abismal (Água)

                          Pensar em desistir da luta é um grande perigo.
                                                     Mantenha-se firme.

No I Ching, o perigo está ligado a qualquer emoção que leva à idéia de desistir ou abandonar o caminho firme, lento e paciente que vínhamos trilhando. O perigo, em geral, decorre de um inquieto descontentamento, que provoca a ambição e a perda do equilíbrio interior. Quando ficamos ambiciosos, queremos obter os resultados de nossos esforços rapidamente. Não toleramos demoras.

Diante dessa impaciência, somos envolvidos num turbilhão de emoções e desespero.
O hexagrama aconselha, então, que fiquemos imóveis, pois qualquer esforço para mudar a situação somente piorará as coisas. Por enquanto, não adianta pensar por que estamos nesta ou naquela situação ou de que modo sairemos dela. Todas as energias devem ser concentradas para aplacarmos o conflito interior até que uma solução surja naturalmente.

O hexagrama diz ainda que existe um caminho que nos livrará do perigo e da dificuldade. Entretanto, não o encontraremos se continuarmos nesse estado emocional desequilibrado.
O perigo tem origem na nossa ansiedade. Quando ansiamos demais por uma determinada solução, lutamos para acabar com o desconforto. Mas essa luta é em vão porque, nela, abandonamos a paciência e nos entregamos ao voluntarismo e até ao desespero. Desejamos rápidos progressos, mas o I Ching diz que é o caminho lento que leva a mudanças duradouras. Forçar o progresso é um erro que está ligado ao nosso orgulho. E este, por sua vez, dificulta nossa caminhada dentro dos padrões da perseverança, humildade e paciência.

O perigo também envolve uma pressão interna para fazermos algo, com o único objetivo de nos livrarmos da ambiguidade da situação. Temos, no entanto, que insistir na não-ação até que a pressão se dissipe e possamos recuperar a neutralidade, assim como a clareza mental. É preciso fluir com os eventos e permitir que o tempo atue.    

Texto elaborado por : Wu Fang.     



Ao Equilíbrio.

Hexagrama 28. TA KUO / Preponderância Do Grande


Aproxima-se uma grande oportunidade.  Fique atento às curvas da estrada.

O Hexagrama nos diz que estamos diante de uma grande oportunidade, que chegou um momento em que tomar cuidado é fundamental. Esse momento é um daqueles na vida em que há grandes chances de progresso. Tudo está fluindo, pronto para tomar uma nova direção, seja para a melhora ou para a estagnação. É a hora para a qual estivemos nos preparando durante muito tempo. Por isso, todo cuidado é pouco.

A situação pode ser difícil de ser manejada, sendo necessário concentrar as energias e mantermos a percepção. Se permitirmos que as pressões deste momento tão importante nos dominem, perderemos o equilíbrio. A cada mudança de direção, o ego ameaça derrubar nosso equilíbrio e independência interior. O remédio contra isso é tentar não antecipar os acontecimentos, manter a neutralidade e confiar no Poder Superior.

O hexagrama também se refere a fortes elementos nos outros, que os fazem assaltar-nos com seus medos, desconfianças e dúvidas. Dessa forma, somos pressionados a abrir mão da modéstia e da paciência. Para vencer o desafio, precisamos permanecer desligados, deixando que as mudanças ocorram por si mesmas, sem serem alavancadas por nós. Ser verdadeiramente rico é permanecer modesto; ser verdadeiramente poderoso é permanecer reservado. Com modéstia e reserva, alcançaremos uma real superioridade sobre a situação.
Este momento tão importante está dentro do que podemos chamar de tempos extraordinários. Por isso, é preciso tomar tanto cuidado. Devemos ficar atentos a cada mudança. Com cautela, vamos avançando passo a passo, sem precipitações. Se sentirmos a menor resistência, devemos recuar. O princípio preponderante neste momento de vida é o de cautela máxima. Qualquer erro poderá nos levar a desperdiçar um momento tão importante para o nosso progresso.

Texto elaborado por Wu Fang.

Ao Equilíbrio.       

    

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog