.

.

Seleccione Linguagem

Hexagrama 13. T'ung Jên / Comunidade com os Homens


  A verdadeira fraternidade é a união que mantemos com o
                                      Poder Superior.


Este hexagrama aponta para o refinamento espiritual, para o senso de humanidade que existe em todos nós. Em qualquer espécie de união, é fundamental que as pessoas tomem conhecimentos dos medos, dúvidas e expectativas existentes em cada parte. Se todas as partes tentarem lidar com essas questões sinceramente, poderá se estabelecer um entendimento profícuo. Um entendimento baseado em confiança mútua e fraternidade.

Se tivermos reservas em relação a uma determinada pessoa, está arruinada qualquer possibilidade de acordo. Ao fazermos acordos com quem quer que seja, devemos, antes, ter certeza de que não existem reservas ocultas na atitude de um ou outro. Se ficarmos atentos, geralmente, essas reservas vêm à tona. Quando isso ocorre, cabe a nós deixar o acordo de lado até que as diferenças tenham sido resolvidas.

O hexagrama nos diz também que uma união duradoura - entre nós e Deus, entre marido ou mulher ou entre quem quer que seja, deve se basear em conceitos universais. Ou seja, as uniões devem ser justas sob o ponto de vista de todas as pessoas envolvidas.

Simpatias e antipatias devem ser deixadas de lado em benefício do que é mais importante. Receber este hexagrama pode querer dizer ainda que é preciso rever nossa atitude na comunidade. Será que é correto o que esperamos dos outros?

Seguir os princípios da fraternidade não equivale a ter que gostar dos outros quando sentimos o contrário. Também não significa que devemos considerar as pessoas dignas de crédito antes que elas nos dêem prova disso. É claro que devemos nos mostrar reticentes quando os outros demonstram não estar sendo sinceros conosco. Unir-se em comunidade requer cuidados. Isso não quer dizer, porém, que devemos alimentar desconfianças. Com essa atitude, despertamos nos outros a mesma desconfiança em relação a nós mesmos e impossibilitamos o surgimento de um relacionamento satisfatório.

Om Sabedoria Om

Texto elaborado por - Wu Fang.

5 comentários:

Louise dos Santos Marques disse...

Olá, Carla, tudo bem? Há muito tempo venho "bisbilhotando"o seu blog pq suas respostas são claras acerca do significado dos hexagramas. Hj perguntei se tenho futuro com uma pessoa e caiu este hexagrama, vc poderia me ajudar a interpretar?

duguay disse...

O que fazer da minha vida é uma pergunta Coerente de ser feita ao i ching? Perguntei e saiu este hexagrama com um nove na primeira posição. Fiz esta pergunta pois estou com muitas dúvidas, em especial se devo ou não morar sozinho sem minha mãe.

claudia azevedo teixeira disse...

Gostei muito desse blog!!! Simplifica , deixa fácil e claro de entender!!!O i-ching deixa de ser hermético!!!-Poderia comentar para mim sobre uma pergunta que fiz a respeito de um relacionamento recente com uma pessoa ,em que parece pelo menos para mim estar havendo algo afetivo rolando.Perguntei ao i-ching , do ponto de vista do rapaz o que faz esse relacionamento importante ,para que sigamos juntos..?Respondeu sem linhas,purinho.
Muito obrigada pela leitura. SP/3-12-2014

Ludimila Hashi disse...

Querida Carla, esses textos são excelentes. Não tem a parte das linhas móveis? Abraços.

Carla Cristina Filizzola disse...

Saudações de paz, luz e amor, Ludimila Hashi.

Não. A intenção foi explicar os 64 hexagramas. Primeiro devemos entender os hexagramas e aí então, as linhas não terão mistério. E para dizer a verdade, nada no Livro das Mutações é misterioso. Tudo é bem claro, mas é claro...rs precisa de muito estudo e pratica do Tao.

Wu Wei.

Que teu caminho esteja repleto da sabedoria dos ancestrais do Tao do I Ching!

Carla Cristina Filizzola.

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog