.

.

Seleccione Linguagem

Hexagrama 24. Fu / Retorno (O Ponto de Transição)


Afaste o orgulho do seu horizonte. Ele só nos leva ao desequilíbrio.


Este hexagrama significa que estamos nos afastando do Caminho Superior.

Por causa da dúvida, voltamos a um velho sistema de defesas e estratégias para lidar com os problemas. Estruturas de relacionamento que já haviam sido superadas ressurgem, porque deixamos de lado a autodisciplina ou simplesmente paramos de prestar atenção à nossa atitude interior.

Receber o hexagrama 24. Fu, portanto, é um aviso para que prestemos atenção na questão e voltemos ao Caminho não estruturado, o caminho que independe de defesas e estratégias e se baseia, sim, na humildade e na aceitação. É preciso renunciar à racionalização dos acontecimentos, que sempre nos leva a discutir e apelar para a força (Caminho Inferior).

Temos que dar espaço para a compreensão Cósmica, renunciando ao orgulho, e pedir ajuda ao Criativo. O orgulho provavelmente foi despertado pelas transgressões de outras pessoas, mas também porque nos sentimos abandonados pelo destino ou pelo Poder Superior. Mas se conseguimos ver que o Poder Superior não nos abandonou, poderemos voltar ao Caminho Superior, vencer o orgulho e seguir na perseverança.

Para tanto, é fundamental não deixar que idéias negativas penetrem em nossa mente. Quando elas ameaçam se instalar, devemos imediatamente expulsá-las. Elas nos levam à dúvida e, conseqüentemente, ao antigo esquema das manipulações e mecanismos de defesa. É preciso dar meia volta, fugir de tais idéias antes que elas tenham tempo e força para se estabelecer. Se nos deixarmos levar por elas, perderemos a capacidade de enxergar à nossa volta. Mas, se conseguirmos combatê-las, será possível retornar ao caminho correto, o de humildade e aceitação. Assim, poderemos seguir a trilha do progresso através de passos medidos cautelosamente. 

(Texto elaborado por: Wu Fang)

Namastê!

8 comentários:

Gisele Jorgetti disse...

Boa noite,
Utilizo para estudar o I Ching o livro de Richard Wilhelm e sempre que consulto o Oráculo recorro ao seu blog para uma maior compreensão.
Ao ler sobre o hexagrama 24 tive a impressão de algo bastante positivo: "uma outra linha luminosa surge novamente, embaixo. O tempo das trevas passou...".
Ao consultar seu blog fiquei confusa ao ler "voltamos a um velho sistema de defesas e estratégias para lidar com os problemas...".
Pode falar mais um pouco sobre esse hexagrama.
Obrigada,
Gisele

Carla Cristina Filizzola disse...

Querida Gisele,

Tudo depende muito da pergunta feita ao oráculo, para que possamos interpretar sua sábia resposta.

Poderia ficar escrevendo horas a fio sobre hexagrama FU, porém, esta tudo nos livros é só estudar por você mesma.

A interpretação de Wu Fang é maravilhosa para questões de autoconhecimento. Pergunte com estou? Como devo agir neste momento? Qual a atitude correta deve tomar para estar em contato com o Tao? Que Eu Sou? Como devo agir com ...... (tal pessoa)? O que posso esperar dessa situação? O que devo mudar em minha conduta?

Todo interprete precisa de muita intuição, adaptabilidade e conhecimento do Tao do I para fazer uma interpretação da resposta digna de confiança.

Não devemos ter medo de errar em nossa interpretação. Faça a experiência, anote tudo e aguarde a revelação da verdade.

Seja bastante pratica e especifica na pergunta, mantenha um coração puro e inocente, ante da consulta ao sábio. Medite por pelo menos uns 20 minutos. Envie para mim que interpreto para você, se você não entender a resposta.

Boa Fortuna em teu caminho!

Carla Cristina Filizzola.

Gisele Jorgetti disse...

Olá Carla,
obrigada por sua atenção.
Antes fazia perguntas fechadas para receber respostas "sim" ou "não". Foi a orientação que recebi de quem me apresentou o I Ching.
Seguindo suas palavras, reformulei a maneira de perguntar. Também tenho meditado antes de jogar as moedas e anoto tudo.
Grande abraço e muita luz!!
Gisele

Anônimo disse...

Olá Carla... tenho lido muito seu Blog e gostado demais das interpretações do I CHING que eu confio muito, até por uma questão dele ter sido muito bem avaliado por Carl Jung.
Bem... quanto à este hexagrama, na verdade perguntei ao I CHING sobre os verdadeiros sentimentos do homem que amo, por mim, uma vez que estamos meio que "em silêncio" no momento. Então, na verdade, vc poderia me esclarecer alguma coisa acêrca desta resposta no Hex. 24 à minha questão? Te agradeço a ajuda! Bjs e sucesso! Só estou perguntando em "anônimo" para não aparecer na internet. Grata pela compreensão!

Iris disse...

estou na mesma situação joguei e tirei o Retorno, mas é difícil interpretar sobre a pergunta, se o homem que amo voltará a se encontrar comigo novamente, ele mora em outra cidade e nos reencontramos depois de 40 anos.Se puderes analisar sobre esta pergunta ficaria imensamente grata,Irinéia.

Carla Cristina Filizzola disse...

Saudações de paz e luz, Iris.

O sábio I Ching, diz que o encontro é bem possível, mas ele acredita que você não deveria preocupar com este passado. Entre em sintonia com o período de transformação que está vivendo, e sua vida caminhará para a frente, de forma positiva. Dessa forma, você permanecerá em harmonia total consigo mesma e com o Tao. Deixe o passado ir embora e viva uma nova primavera em sua vida.

Namastê!

Carla Cristina Filizzola.

Camila disse...

Olá Carla, não consegui interpretar a resposta do oráculo. Perguntei se devo procurar uma casa para morar sozinha. Pois estou pensando nesta possibilidade e queria saber se este é o caminho no momento. Saiu o hexagrama 24 com a liha móvel da quarta posição. Você pode me ajudar?
Obrigada

delatora disse...

Olá Carla, sempre consulto sem blog e gosto muito. Bem, em relação a pergunta que fiz, acabo produzindo dúvidas e sei que isso não é bom, rs

Perguntei se sevo investir minhas energias para conseguir uma bolsa de estudos no exterior (quero muito morar neste país e essa seria uma oportunidade), mas estou um pouco cansada de levar nãos.

A resposta do I ching seria deixar as coisas fluirem naturalmente e não colixar minhas energias nessa oportunidade? Ou estou enganada?

Gratidão!

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog