.

.

Seleccione Linguagem

Hexagrama 55. Fêng / Abundância (Plenitude)



O Poder da Verdade é o único capaz de levar à plenitude.

Os tempos de abundância se referem a épocas em que as pessoas estão receptivas a nós. Trata-se, porém, de um período breve. E, quando ele acaba, o melhor a fazer é nos retirarmos sem demora nem pesar. Faz parte dos ensinamentos do Sábio saber controlar a ambição. Sabendo que todo aprendizado se deve à experiência, ele é capaz de se conformar quando o movimento de influência cessa. Como ele não se atormenta com a dúvida, também está livre da angústia e da preocupação.

Este hexagrama enfatiza a natureza momentânea e cíclica desse período de influência. É como se fosse um canal de comunicação com as pessoas, que se abre e se fecha conforme as marés. Durante o período de influência, os outros são receptivos a nós e entramos em sintonia com a verdade interior das situações vividas. É um momento muito bom, sem dúvida, mas é preciso não tentar prolongá-lo nem ultrapassar a abertura que nos foi concedida.

Se nos impomos, cheios de autoconfiança e orgulho, podemos invalidar todo o bem já alcançado, nos desgastamos e vemos nosso amor-próprio ferido. Para evitar isso, o fundamental é incorporarmos o conceito da transitoriedade da influência exercida por nós. Os outros só nos concedem aberturas limitadas e condicionais. E só saberemos reconhecer o momento certo se estivermos sintonizados.

Se não aceitarmos que o momento de influência passa, provocaremos resistência nos outros. É preciso ter aceitação e neutralidade emocional suficiente para lidar com essa perda de poder. Até porque as outras pessoas também merecem ocupar o seu espaço e ter momentos de influência sobre nós. Faz parte do ciclo da natureza. Nada permanece como está. As coisas mudam, independentemente do nosso apego a elas e da nossa vontade. Aceitar isso é compreender os ensinamentos do I Ching. 

Texto elaborado por -Wu Fang.


Paciência e Tolerância!

Wu Wei!

4 comentários:

paula disse...

Ola,ha mt tempo leio suas interpretaçoes para me auxiliar em minhas proprias,mas gostaria d sua ajuda diretamente,estou fazrndo um curso e pretendo qndo terminar sair do meu emprego atual e trabalhar na area q estou estudando,ja havia pensado em sair antes e procurar estagios,mas pelo salario reduzido pretendia ficar no emprego ate o termino do curso,mas ocorreram mudanças onde trabalho q irao me impedir d concluir o curso,entao perguntei ao oraculi se seria esse o momento de sair do emprego,arriscar,ja q nao tenho nd em vista ainda,ele me respondeu com esse oraculi com uma linha 9 na primeira posiçao e 6 na quinta,e qndo perguntei sobre neu relacionamento q terminou,sobre o nosso futuro ele tb me respondeu com esse oraculo,sem linhas mutaveis,com relaçao ao meu relacionamento ate entendi a resposta,mais ou menos,fiquei sem entender mt sobre o q o futuro reserva,se a possibilidade d mudança positiva,mas com relaçao ao meu trabalho,nao entendi a resposta,desde ja agradeço a ajuda

Carla Cristina Filizzola disse...

Querida Paula,

"Não fique triste. Seja como o Sol ao meio-dia". Diz o sábio.

Deixe sua luz brilhar, confie no Tao. Abandone as preocupações. Espere os acontecimento, não atropele com atitudes precipitadas a sua vida.

No relacionamento não há o que temer. Você é uma pessoa que tem um brilho especial, um sentimento claro e muita alegria interior. Todas essas qualidades atraem o amor de qualquer parceiro bem-intencionado. Portanto, não há o que se preocupar, você sempre se dará bem.

Elimine as preocupações e deixe sua luz brilhar!

Carla Cristina Filizzola.

Roberta Savian disse...

Olá Carla,
Parabéns pelo Blog ! Estou o iching há uns 7 anos e sempre me impressiono com a precisão do sábio !
Adoro ler o seu blog !
Desejo vida longa e próspera a vc !
Luz !
Abraço !

Carla Cristina Filizzola disse...

Querida Roberta Saviam,

Gratidão! Precisando de ajuda pode vir ao Blog e perguntar, se for o caso...rs

Que teu caminho esteja repleto de sabedoria,paz,amor,saúde, boa fortuna! Que os mestre de oráculo do passado e do presente lhe sejam generosos!

Namastê!

Carla Cristina Filizzola.

Pesquisar neste blog